Carrinho

aristbrand | Frete grátis a partir de R$600 | 5% off no PIX

Coleção de moda: os 3 grandes momentos da criação na Arist Brand

Shooting da campanha da coleção de moda número 3 da Arist Brand

 

Quer entender melhor como funciona o processo de criação de uma coleção de moda? Então você chegou ao post certo! Hoje, viemos compartilhar um pouco de como isso acontece na Arist – desde o início da pesquisa e idealização até o lançamento das novas peças em nosso site.

Como somos uma marca que preza por modelagens atemporais e não seguimos o calendário convencional de lançamentos da moda, o processo pode ser relativamente diferente do que vemos por aí em diversas marcas – porém, com muitos elementos similares.

Por aqui, começamos a idealizar a nova coleção cerca de oito meses antes do lançamento, quando as primeiras referências passam a ficar em evidência. Mas como começamos a criar? De onde surgem nossas ideias – lembrando que todas as peças da Arist são autorais?

1. Tudo pode inspirar uma coleção de moda

Nathalia Destri, nossa fundadora e diretora criativa, diz que tudo pode ser base para a criação de uma peça: arquitetura, comportamento, decoração, história.

 “Parece doido, mas é daí mesmo que tiro as minhas inspirações.
Elas vêm do que já vivi, do que leio, vejo, percebo e sinto”.

Nathalia Destri

Nesse sentido, a Arist segue um caminho diferente de muitas marcas, que usam plataformas de tendências como referência para a criação de sua coleção de moda, pautada pelas estações do ano.

Aqui, nós criamos peças feitas para durar para sempre e, além disso, nossas clientes têm o hábito de vivenciar todas as estações do ano de maneira alternada por viajarem constantemente.

Por isso, existe um cuidado redobrado aqui: precisamos criar peças que sejam funcionais e extremamente versáteis – adaptáveis a qualquer ocasião, estilo e condições climáticas. E temos conseguido fazer isso virar realidade!

2. O processo a partir da inspiração

Mas, então, depois de fazer a curadoria de todas as inspirações, o que acontece?

Começamos a desenhar as peças, com seus detalhamentos, e, a partir daí, pesquisamos tecidos e aviamentos (botões, zíperes etc), trabalhamos na modelagem (o molde de cada peça) e, então, na pilotagem – primeira peça de cada modelo, que servirá como norte para toda a produção.

Na sequência, vem a etapa de prova até fechar todos os modelos. A Nathalia considera essa a parte mais minuciosa de todas, em que é preciso ter muita atenção e cuidado. “Pilotos têm que ser lacradas no seu auge da perfeição!”, ela conta.

A conclusão do desenvolvimento acontece com a aplicação das modelagens em todos os tamanhos e a programação da produção, que envolve cálculo de consumos, compra de todas as matérias-primas e distribuição para os fornecedores.

A partir desse momento, entendemos que foi concluída com sucesso a etapa de planejamento, estamos seguros sobre as decisões tomadas e, então, a confecção pode ser iniciada.

3. Como comunicar uma nova coleção de moda?

O processo de produção só é considerado concluído quando as novas peças chegam e passam pela nossa curadoria. E, então, um novo trabalho começa: chega a hora de começar a executar todas as etapas que garantem o sucesso do lançamento de uma nova coleção de moda.

“Após a sua conclusão, há toda a revisão, a produção de mídia, o cadastro no site e outras tarefas que viabilizam o lançamento das peças. Uma jornada e tanto!”, conta a nossa diretora criativa, que é totalmente dedicada e apaixonada pelo processo.

Se quiser conhecer mais sobre o resultado de todo esse trabalho, clique aqui e conheça as nossas peças. Nós também adoramos compartilhar dicas e inspirações em nosso perfil do Instagram e na página do LinkedIn.

Você sabia que o processo de criação de uma coleção de moda tinha tantas etapas? Conta para a gente o que mais quer aprender sobre isso!